Rio de Janeiro: festival de cartões postais

Turismo » Rio de Janeiro, Rio de Janeiro | Fonte: Conhecendo o Brasil, Editoria Férias Brasil
Nenhuma outra cidade do mundo ostentaria com tanto charme o título de “Maravilhosa” como o Rio de Janeiro. Aos caprichos da natureza, que colocou mar e montanha lado a lado em perfeita harmonia, juntam-se o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, o Maracanã e o estilo de vida despojado e festeiro do carioca. Mais que um cartão-postal, o Rio é um estado de espírito, sempre alegre e de alto-astral. Também, pudera – a cidade tem cerca de 30 quilômetros de orla contornada por calçadões e ciclovias tomadas por gente o dia inteiro caminhando, pedalando, correndo ou apenas observando o movimento.

Pão de Açúcar

A emoção do passeio ao Pão de Açúcar começa bem antes de se chegar ao topo do morro, a 400 metros acima do nível do mar. A aventura tem início com a viagem de bondinho, um teleférico envidraçado que apresenta detalhes e ângulos únicos da perfeita geografia carioca. A primeira parada é feita no Morro da Urca, a 220 metros de altitude. Dali, avista-se a Baía de Guanabara e a Enseada de Botafogo. Na segunda e última parada, o visual panorâmico apresenta, além da baía, grande parte da orla da Zona Sul e de Niterói. No verão, vale a pena subir ao Pão de Açúcar no final do dia para curtir o pôr-do-sol ou à noite, para ver as luzes da cidade e badalar no Noites Cariocas – shows com grandes nomes da música brasileira.

Cristo Redentor

Principal cartão-postal da cidade, o Cristo foi eleito pelos cariocas como a “Maravilha do Rio”. O monumento fica no alto do morro do Corcovado, a 700 metros de altitude, onde um mirante panorâmico descortina grande parte do Rio de Janeiro. Para chegar lá em cima há duas maneiras: de carro ou de trem. O acesso de automóvel é complicado em função da falta de vagas de estacionamento e excesso de flanelinhas. Prefira o trem – o percurso tem 3.800 metros em meio a jardins temáticos e a viagem dura cerca de 20 minutos. Inaugurada em 1931, a imagem do Cristo Redentor é considerada a maior estátua em estilo art déco do mundo. Visível de diversos pontos da cidade e confeccionada em pedra-sabão, tem 30 metros de altura, 28 metros de uma extremidade à outra e pesa 1.145 toneladas.

Marquês de Sapucaí

Cariocas e turistas falam a mesma língua nos desfiles das escolas de samba, que lotam o Sambódromo nas noites de domingo e segunda-feira de Carnaval. Assistir é bom, mas participar da festa desfilando é melhor ainda! Durante o dia, a ordem do Rei Momo é curtir os blocos que animam as principais ruas e as avenidas da cidade.

Queima de fogos em Copacabana

Copacabana fica ainda mais popular na noite do dia 31 de dezembro, quando recebe gente de diferentes crenças para saudar o Ano Novo. E é festa por todos os lados, com fogos no céu, show nas areias e oferendas no mar.

Praias, ciclovias e calçadões

Antes de escolher sua praia, dê uma circulada pelas democráticas areias de Copacabana, verifique o estilo neo-hippie do Posto 9 em Ipanema, confira o charme do Leblon, mergulhe na imensidão da Barra da Tijuca e curta o sossego da Prainha. Mas deixe um tempinho livre para caminhar ou tomar um coco no calçadão.

Theatro Municipal do Rio

Um dos mais glamourosos prédios da Cinelândia, o Theatro Municipal foi inspirado na Ópera de Paris e inaugurado em 1909. Em seu interior estão arcadas, balaustradas, colunas e escadarias de mármore, esculturas em bronze e vitrais importados da Europa. As pinturas na abóbada do foyer e no teto sobre a platéia levam a assinatura de Eliseu Visconti, assim como o pano de boca, que retrata 75 figuras célebres, como Carlos Gomes, Wagner e Rembrandt. O teatro foi completamente reformado em 2009 e, reaberto em 2010, está ainda mais lindo.

Mosteiro de São Bento

A maior riqueza do mosteiro é a igreja barroca de Nossa Senhora de Monserrat, concluída em 1798 com interior revestido em ouro, grades de jacarandá e painéis do século 17. Os tubos do antigo órgão, datado de 1773, estão interligados ao atual e acompanham o canto gregoriano entoado pelos monges na concorrida missa de domingo às dez da manhã.

Asa-delta e parapente

Referência mundial em vôo livre, o Rio é certamente uma das cidades mais belas para sobrevoar. Para quem nunca praticou a atividade há saltos duplos de asa-delta e parapente partindo da Pedra Bonita, com pilotos credenciados e experientes. A aventura dura entre 10 e 15 minutos e revela vistas panorâmicas de Ipanema, Lagoa, Barra da Tijuca, Baía de Guanabara, Pão de Açúcar e Cristo Redentor.